domingo, 29 de janeiro de 2017

Melania Trump vence ação milionária contra blogueiro e jornal. Foi chamada de prostituta de luxo.

Conforme o The Blaze, a esquerda deu um tiro no pé. Ocorre que a primeira-dama dos EUA, Melania Trump, venceu uma ação judicial – de 150 milhões de dólares – contra um blogueiro que a chamou de “acompanhante de luxo” e o jornal britânico Daily Mail, que propagou a mentira.
Melania lançou a ação em Setembro alegando que o autor  Webster G. Tarpley, de Maryland, a chamou de prostituta. O Daily Mail repetiu as afirmações de Tarpley.
O advogado de Melania disse: “Os acusados fizeram várias alegações sobre a Sra. Traump que são 100% falsos e tremendamente danosos para sua reputação pessoal e profissional”.
A juíza Sharon Burrell concordou que o termo “acompanhante de luxo” é o mesmo que “prostituta de luxo”: “A corte acredita que a maior parte das pessoas que ouve o termo ‘acompanhante de luxo’ visualiza a descrição de uma prostituta. Não é possível que exista uma declaração mais difamatória do que chamar uma mulher de prostituta”.
A juíza não deixou claro se a inclusão do Daily Mail vai ser mantida, pois o jornal é estrangeiro, portanto não podendo ser forçado a pagar. Nesse caso, a coisa complica ainda mais para Tarpley.

Nenhum comentário:

Postar um comentário