quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Marcos Valério contou em 2012 que PT lhe pediu R$ 6 milhões para chantagista.

Conforme noticiado pelo Jornal O Estado de São Paulo, neste fim de semana, a Polícia Federal apreendeu no escritório da contadora do doleiro Alberto Youssef contrato de empréstimo de 2004 no valor de R$ 6 milhões entre Marcos Valério e uma empresa de Ronan, empresário de Santo André.
Dilma Rousseff deu ordens a Cardozo e outros ministros para realizarem ação coordenada na tentativa de desqualificar o depoimento prestado por Valério. “Mas qual terá sido o procedimento tomado por aquele que um dia vangloriou-se de não ignorar nem engavetar as denúncias que recebe?
Segundo o depoimento de Valério em 2012, o dinheiro serviria para encerrar suposta chantagem sobre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o então secretário da Presidência, Gilberto Carvalho, e o então ministro da Casa Civil, José Dirceu.

Comunismo e fome.

Quanto mais a Venezuela se aprofunda no socialismo, mais se corrompe pela miséria, servidão e genocídio! Os "cegos", idólatras e fanáticos não veem que esses horrores vem, aos poucos, se concretizando e se alastrando no Brasil.
Se com Dilma está mal, imagina se a rainha do mato (Marina) ganhar... podem fechar as portas Brasil.

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Desinformação e “idiotas úteis”.

Por: Fábio Pereira Ribeiro
Usaremos o “idiota útil” na linha de frente. Incitaremos o ódio de classes. Destruiremos sua base moral, a família e a espiritualidade. Comerão as migalhas que caírem de nossas mesas. O Estado será Deus“. Assim Vladimir Lênin trabalhava sua loucura soviética, principalmente com os “tidos aliados” externos do Kremlin. A lógica era muito simples, embora a pessoa, o “idiota útil”, podia ser ingênuo sob a ótica aliada dos soviéticos, ou até mesmo de outras ideologias socialistas e comunistas, os mesmos eram desprezados pelos soviéticos e pela central do poder, e óbvio, que eram usados da forma mais cínica possível, e depois descartados como simples objetos sem valor algum para o Estado, ou para o projeto de poder do partido.
Ou como diria Karl Sílex, jornalista alemão do período nazista comentando para a sociedade alemã sobre os 15 pontos de controle da mídia por parte do Ministro da Propaganda, Joseph Goebbels, “a profissão de jornalista se tornou cargo público”.
Ou pela lógica nefasta do próprio Goebbles, “conte uma mentira mil vezes, que aos poucos ela se torna verdade”.
Sem contar os exemplos de manipulação da cultura e dos aparelhos sociais por parte do Partido Comunista Chinês.
O que mais me assusta na verdade, está no fato do Estado ganhar este corpo de Deus como Lênin pensava. Primeiro em apresentar um Brasil lindo e glorioso, como os nazistas faziam, e ao mesmo tempo o uso da propaganda e da técnica de desinformação junto aos grupos que se alimentam totalmente de desinformações com corpo, e ódio, para atacarem os contrários ao partido. Por exemplo, se você fala mal da Copa do Mundo, você é “coxinha, reacionário e PSDB”, se você fala bem da Copa do Mundo, você é “PT, leva bola do governo, ou é alinhado da Dilma”. Espera um pouco, o Brasil é bipolar? Nós vivemos em uma democracia, ou não?
Existe uma lógica muito simples na política, como diria um amigo, “a política não aceita a verdade”, e o atual jogo político, nefasto e sórdido coloca em xeque a democracia brasileira.
Existe muita desinformação no ar, por mais que em alguns órgãos do Estado, pessoas de bem contrariem os mandos governamentais, o jogo da informação ainda persiste em desestabilizar, ou como Romeu Tuma Júnior apresentou, “assassinar reputações”.
Continua...

Trinta e seis refugiados cubanos, em fuga de seu país,foram resgatados em águas hondurenhas.

O fato é tão comum que nem merecia a pena de estar a relatar, mas a agência de noticias France Presse, divulgou hoje, em Tegucigalpa, a capital de Honduras, na América Central, que um grupo de trinta e seis cubanos, fugindo de Cuba, foi encontrado a deriva numa balsa em águas nacionais hondurenhas e resgatado pela Força Naval de Honduras próximo às ilhas do Cisne, no mar do Caribe, a cerca de 400 km ao norte dessa cidade, segundo anúncio da Marinha do país caribenho.
dt.common.streams.StreamServer.jpg
Uma ocorrência corriqueira: Refugiados cubanos sendo resgatados no litoral da Florida, em fuga do horror e da miséria da ilha-cárcere dos Castros.
O Contra-Almirante Héctor Caballero, comandante da Marinha hondurenha, relatou à mídia local, via rádio, que destacamentos da Marinha de Honduras auxiliaram os cubanos que se amontoavam como podiam, para não caírem ao mar infestado por tubarões, numa balsa adaptada que era pequena para a metade das pessoas que transportava.
Da mesma forma que em diversos outros casos, os trinta e seis cubanos foram encaminhados às autoridades de imigração estrangeira de Tegucigalpa, que definirão seu status provisório de “refugiados”.
Mais de MIL cubanos já chegaram a Honduras só nesse ano de 2014, alguns por terra, e outros – a maioria – se equilibrando em débeis balsas de material flutuante cuja rota inicial seria a que os levariam aos EUA, mas que acabam se desviando para Honduras.
O último grupo, que chegou ao país numa balsa, foi resgatado em junho último na área de Baja Mar, no estado de Cortés, a cerca de 300 km ao norte da capital, onde foram ajudados por pescadores hondurenhos.
*FRANCISCO VIANNA (da mídia internacional)

terça-feira, 26 de agosto de 2014

O que espera Aécio para reapresentar o vídeo que desmonta a vigarice da transposição do São Francisco?

O que espera Aécio para reapresentar o vídeo que desmonta a vigarice?
Pouco antes de oficializar a candidatura à Presidência da República, o senador Aécio Neves usou o horário reservado na TV à propaganda partidária para escancarar o estelionato eleitoreiro reprisado desde 2006. O vídeo de 34 segundos, de janeiro deste ano, mostra que a transposição das águas do São Francisco é conversa de 171. A obra só avança nos cronogramas fictícios do PAC e imaginação dos embusteiros, que prometem concluir o monumento à inépcia logo depois da próxima eleição.
Na semana passada, Dilma resolveu inaugurar de novo o colosso reduzido a ruínas sem ter existido. O que espera Aécio Neves para reprisar o vídeo que desmoraliza a vigarice franciscana?..

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

O PT quer o caos na saúde.

Após arrecadar dinheiro para reformar o Hospital Geral Clériston Andrade, em Feira de Santana, um médico foi duramente criticado pela Sesab (Secretaria de Saúde da Bahia).
O médico César Oliveira fez uma campanha nas redes sociais e conseguiu juntar mais de R$ 5 mil para reformar o posto de enfermagem e a sala de medicação do hospital.
Em nota, a Sesab afirmou que a iniciativa do médico foi irregular e que ele não foi autorizado pelo hospital a realizar qualquer tipo de arrecadação para a realização das obras na unidade.
O médico será notificado e obrigado a devolver o dinheiro arrecadado, além de tirar a campanha das redes sociais.
Ainda segundo a secretaria, qualquer obra precisa de acompanhamento da diretoria de obras e projetos em saúde. A Sesab afirmou ainda que está investindo em reformas na unidade hospitalar.

Enquanto os imbecis do PT culpam Alckmin...


Foto: Marcos Alves/ Agência O Globo
Seca ameaça 40 milhões de moradores de nove estados e do Distrito Federal. http://glo.bo/XJJQhH

domingo, 24 de agosto de 2014

O PT tudo faz para se comprometer e mergulhar na lama e no descrédito.

Tudo conspira contra o PT, mas, sejamos bem claros: o partido, principalmente através de seu maior símbolo, Lula da Silva, tudo faz para se comprometer e mergulhar na lama e no descrédito. O PT se lambuzou nas tetas do poder e perdeu a noção de limite e de senso de ridículo. Suas principais lideranças amargam condenação por desvio de recursos financeiros públicos, mas não aprenderam nada com a desdita.
Alguma coisa de muito grave está para acontecer. A maré que está se formando começa a fazer ruído e fatalmente irá desaguar em barulho ensurdecedor. Não dá mais para aguentar tanta roubalheira, tanta pouca vergonha, crimes mal explicados (o caso do assassinato do prefeito de Santo André, Celso Daniel, é um deles), enfim, a população quer respostas que governantes e líderes que aí se encontram não são capazes de oferecer. Estamos à deriva e nos aproximando de queda monumental.
No Congresso Nacional, são poucos os que se salvam entre centenas de pilantras e picaretas (Lula afirmou que, à sua época, eram mais de 300) a sugarem os recursos públicos em proveito próprio, enquanto os que pagam impostos vivem à míngua, sem saúde, educação, transporte público nem segurança. É preciso que se dê um basta a tanta desordem! A Petrobras, empresa símbolo do país, está sendo saqueada e destruída por ratazanas graúdas que lá continuam a roer todas as suas pilastras de sustentação.
Os aposentados, a quem o então presidente FHC chamou de “vagabundos”, veem os seus minguados rendimentos se esvaírem nos empréstimos consignados que nada resolvem e no desespero das necessidades básicas diárias nunca atendidas. As Cidades se encontram entupidas de veículos que não têm para onde ir, porque os espaços se mostram estrangulados. Não temos administradores públicos capazes e tudo é feito na base do improviso. Só temos larápios carregando tudo!
No item segurança, faltam presídios bem como uma legislação que retire os menores infratores das ruas, pois o PT não admite a redução da maioridade penal e os menores de 18 anos assassinam com a maior frieza e crueldade, sendo protegidos por defasado ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente). ECA! Os professores são mal pagos e despreparados e a maioria das escolas se encontra em ruínas. E o que falar do transporte escolar, com os alunos conduzidos como bois ao matadouro, amontoados?
Nos mais de cinco mil e 500 municípios do país, a maioria dos prefeitos deveria estar presa, respondendo por desvios e furtos dos mais diversos, se houvesse seriedade na aplicação da legislação vigente. Há um acúmulo tão grande de crimes e desmandos que a população brasileira há muito deu início à prática de fazer Justiça com as próprias mãos. A desordem atingiu nível de descontrole. Diariamente, flagram-se cidadãos e infratores sendo assassinado por integrantes de forças policias. Ninguém está seguro.
Neste terrível desastre que ceifou a vida do presidenciável Eduardo Campos, a situação atingiu espécie de limite. Em função do acúmulo de desmandos e da falta de explicações convincentes para prévios acontecimentos e desmandos, os boatos começam a crescer e vão alcançando potencial assustador. Um vídeo postado no Youtube, com fala irresponsável do ex-presidente Lula da Silva, alimenta rumores e desconfianças.

sábado, 23 de agosto de 2014

Saúde: Razoável não, péssima.

Em meio a seus típicos rompantes de prepotência e agressividade, Dilma Rousseff teve um raro momento de sinceridade durante a entrevista que concedeu ao Jornal Nacional anteontem. Foi quando reconheceu, ainda que muito a contragosto, que a saúde brasileira não é “minimamente razoável”.
Ainda assim, a presidente foi condescendente com o que ela e seu partido fizeram ao longo destes últimos 12 anos para cuidar dos serviços oferecidos pelo poder público à população. Foi quase nada. Na realidade, a situação da saúde está muito distante do razoável. Está péssima.Atualmente, 57% dos brasileiros veem a saúde como tema prioritário da agenda nacional, segundo pesquisa divulgada ontem pelo Conselho Federal de Medicina. Nem sempre foi assim: quando a gestão petista começou, em 2003, apenas 6% tinham a mesma preocupação. Sinal de que os anos recentes foram de franca deterioração.
A reprovação à qualidade dos serviços é ampla, geral e irrestrita. Segundo a mesma pesquisa, 93% dos brasileiros desaprovam os serviços de saúde, tanto públicos, quanto privados, oferecidos no Brasil. Para cerca de 60%, eles são ruins ou péssimos.
A tão acachapantes constatações, a candidata-presidente retruca dizendo que seu governo agiu e implantou o Mais Médicos. “50 milhões de brasileiros não tinham atendimento médico, hoje têm”, disse ela ao telejornal da TV Globo.
A partir do que Dilma afirmou na entrevista, duas constatações se impõem: 1) até um ano atrás, ou seja, ao longo de 11 anos, o PT nada fez para enfrentar o problema e, 2) um programa que tem prazo de validade é tomado como se solução definitiva fosse.
A realidade é que o Mais Médicos foi convenientemente sacado da algibeira da alquimia petista para fornecer bom discurso em época de campanha eleitoral. Seus resultados continuam sendo uma incógnita, apesar de o governo sustentar que resolveu a vida de dezenas de milhões de brasileiros num passe de mágica.
Se o programa é incerto, é absolutamente evidente e demonstrável que o que Dilma prometeu na campanha de 2010 para melhorar a saúde dos cidadãos passou longe, muito longe, de se tornar realidade.
Apenas para ficar nos mais emblemáticos, eram 500 UPAs (Unidades de Pronto-Atendimento) e 6.800 UBSs (Unidades Básicas de Saúde). E o que foi feito? 23 UPAs e 2.057 UBSs, segundo o mais recente balanço do PAC. Será que Dilma espera ter mandados infinitos para cumprir suas promessas?
O SUS vinha estruturando uma belíssima estratégia para cuidar de maneira continuada da atenção básica aos brasileiros: o Saúde da Família. Mas o PT preferiu deixá-lo na geladeira e segurar sua expansão. Hoje sua cobertura limita-se a pouco mais da metade da população. Não surpreende que, com os petistas no comando, a saúde tenha ido parar na UTI.
*Texto do site do Instituto Teotônio Vilela.

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Cinismo de uma incapaz.

"Só não atrasa obra quem não faz", diz cinicamente, a candidata Dilma no sertão.
A presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição pelo PT, e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva percorreram, nesta quinta-feira (21), o sertão de Pernambuco para vistoriar obras da transposição do rio São Francisco. Eles passaram por Cabrobó e Floresta, cidades cortadas pelo projeto, para gravar imagens para a propaganda eleitoral.
Em entrevista à imprensa, Dilma rebateu críticas sobre o atraso na entrega do projeto dizendo que 'só não atrasa obra quem não faz'.
'Aqueles que nunca fizeram obra no Brasil, que nunca deixaram obras atrasadas, são aqueles que nunca planejaram', afirmou a candidata.
O ex-presidente Lula não conversou com os jornalistas.
Dilma atribuiu o atraso à complexidade do projeto. 'Acho que uma parte [do atraso] significou a chamada curva de aprendizagem. A segunda parte é a complexidade da obra. [Ela] é maior do que se supõe, principalmente quando você considera que não é pura e simples abertura de canais, mas é estação de bombeamento', afirmou a presidente. Com a alteração da agenda, a viagem se resumiu à visita da presidente às obras da transposição. Dilma e Lula almoçaram em Floresta com os operários do empreendimento.
*Da Folha de S.Paulo - Marcela Balbino