sexta-feira, 6 de março de 2015

"Quando se sente bater no peito heroica pancada, deixa-se a folha dobrada, enquanto se vai morrer."

"Quando se sente bater no peito heroica pancada, deixa-se a folha dobrada, enquanto se vai morrer." . Nesse verso de Guilherme de Almeida está a alma do povo paulista que jamais aceitará a opressão esquerdista totalitária e contrária ao Estado Democrático de Direito. - Fora PT, fora ladrões da minha Pátria. — com Walter Fritz Henne FilhoThânya Sacco PorresJosefa Llorin e outras 88 pessoas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário