quarta-feira, 12 de outubro de 2011

A que ponto chegamos.

Os ladrões, em liberdade, agem sabendo que a sociedade está indefesa, não pode reagir senão é massacrada pelo Ministério Público e pelos órgãos de direitos humanos, assim como tem a certeza de que, se pegos ( uma raridade), terão uma punição amena, um salário mínimo e meio de "bolsa prisioneiro" e farão na cadeira quase tudo que fazem fora.
O cidadão, que se lixe, ora!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário