terça-feira, 1 de abril de 2014

Santo André cobra imposto 100 vezes maior.

Sisvania reclama do erro. Foto: Rodrigo Lima-Repórter Diário
Sócio de um empreendimento que presta serviços na área de Segurança e Medicina de Trabalho no centro de Santo André, Henrz Engel tomou um susto quando conferiu a conta bancária da empresa no início da semana. O extrato mostrava um débito de R$ 10.174 que não estava previsto. O motivo foi um erro da Prefeitura de Santo André, que cobrou um imposto (muito) maior do que deveria. O montante se refere a uma guia de ISS (Imposto Sobre Serviços) emitida para a empresa no início do mês. O valor impresso no boleto está correto: R$ 101,74. No entanto, o código de barras está errado, com o valor de R$ 10.174 – ou seja, 100 vezes mais do que o correto. A Prefeitura de Santo André, por meio da Secretaria de Finanças, informa que, devido a um erro técnico no sistema de apuração e lançamento do ISS ocorrido nos dias 5 e 6 de março de 2014, houve uma divergência entre o valor expresso na guia de arrecadação e o valor remetido pelo código de barras nas guias de ISS com vencimento em 20 de março de 2014, o que levou à ocorrência de 13 casos de pagamentos maiores que o devido.

Um comentário:

  1. 13 casos... Coincidência: prefeitura petista.

    ResponderExcluir